fbpx Saltar para o conteúdo

O espírito da preguiça: Apatia e letargia

O Espírito de Preguiça transforma a ação em inação e produtividade em letargia.

Sob o seu feitiço, sente-se sem inspiração e relutante para fazer, bem, qualquer coisa.

Isso aprisiona-nos num ciclo de desejos em que nada de importante acontece.

Para não mencionar que o significado de Preguiça é considerado um pecado mortal.

Como é que se liberta e redescobre a paixão e amor para toda a vida?

Aqui está tudo o que precisas de saber sobre o Espírito de Preguiça.

O que é o espírito da preguiça?

Pecado e Preguiça andam de mãos dadas.

Mas o que é exatamente a preguiça e o pecado?

Como é que o Espírito de Preguiça o aprisiona num ciclo de inatividade e inação?

Os sete pecados capitais definem a preguiça como um relutância e incapacidade para ser produtivo.

No entanto, o Espírito de Preguiça é complicado na forma como o consegue.

Pode nem sequer reconhecer a sua influência demoníaca até ser demasiado tarde.

No entanto, nunca é demasiado tarde para recuperar potência e controlo sobre a sua vida espiritual.

Uma pessoa indolente precisa de um vontade de ferro e um esforço consciente para se libertar.

A única maneira de o fazer é ler a Bíblia e rezar ao divino.

Jesus Cristo pode revelar o caminho através do nevoeiro e da neblina e ajudá-lo a reencontrar a clareza.

A única maneira de vencer a preguiça é tomar medidas e quebrar a maldição.

Assim, o Espírito da Preguiça é uma presença sombria que se alimenta da inatividade.

Sob o seu feitiço, sente-se relutante em fazer qualquer coisa. As coisas que deseja alcançar já não o impulsionam para a frente. É como se tivesse deitado os seus sonhos no lixo.

Quando se cai na sua armadilha, há sintomas pode ser que se sinta.

Conhecê-los ajuda-o a reconhecer o demónio e a ver através do disfarce.

Sintomas do espírito de preguiça

O que é que acontece quando se cai na armadilha do espírito?

Quais são os sintomas e exemplos da preguiça e do pecado?

A primeira coisa que se pode notar é um excesso de procrastinação e irresponsabilidade.

Não se pode dar ao trabalho de fazer nada, de facto. Todos os aspectos da sua vida sofrem.

As coisas que significam para si degradam-se lentamente à medida que inação perturba o equilíbrio.

Mais do que isso, não se sente uma sensação de urgência. As oportunidades passam-lhe ao lado. Não toma a iniciativa nem faz as mudanças necessárias. Torna-se um observador da sua vida.

O Espírito de Preguiça impede-o de tomar decisões acertadas.

E, acima de tudo, começa-se a detestar compromisso - tanto para as coisas como para as pessoas.

A preguiça esgota a sua energia e torna-o preguiçoso.

Há uma razão para a preguiça ser considerada um dos sete pecados capitais.

O pecado e a preguiça andam de mãos dadas, impedindo crescimento espiritual.

A vida desenrola-se sem um objetivo enquanto se passa pelos movimentos, sem objetivo.

Já não tens sonhos. És uma casca da pessoa que costumavas ser.

O potencial dentro de si permanece adormecido e inexplorado.

E acomodamo-nos a esse vazio, sem vontade de mudar as coisas.

É assim que o Espírito da Preguiça sangra a tua vida de cor e paixão.

Felizmente, há uma forma de combater o espírito maligno e sair triunfante.

Como vencer o espírito de preguiça

A melhor maneira de combater o Espírito de Preguiça é tomar medidas.

Não tem de mudar a sua vida de um dia para o outro. Comece por fazer a sua cama.

Desde que deixes de ter zero dias, está a avançar.

A preguiça tem uma energia negativa semelhante à do Espírito da Preguiça.

Impede o bom trabalho. Impede-nos de cultivar disciplina e encontrar sucesso.

No entanto, o pequenos passos na direção certa significam um mundo de diferença.

São Tomás de Aquino definiu a preguiça como "tristeza pelo bem espiritual". Diz ainda: "É má no seu efeito, se oprime o homem de tal modo que o afasta inteiramente das boas acções."

Agora é a altura de trabalhar para ultrapassar essa letargia.

Quanto mais o fizer, mais autocontrolo recupera.

Lembre-se de se recompensar por cada pequena vitória no caminho certo.

Procure ajuda junto das pessoas que o rodeiam.

Abrace os ensinamentos da Bíblia e conheça a entidade espiritual que enfrenta.

O Espírito de Preguiça é multifacetadomas quanto mais se sabe, mais fraco se torna.

Todos os espíritos preferem esconder-se nas sombras.

Abraçar o Potência e Amor de Cristo para lançar luz e banir o mal.

Recuperar o controlo sobre a sua vida é como escalar uma montanha íngreme.

Por vezes, escorrega-se. Não há como contornar isso.

No entanto, cada fracasso e cada revés podem ser interpretados como progresso.

Por isso, não perca . E continuar a lutar para erradicar a preguiça e a inatividade interiores.

Deixe que cada dia o inspire a trabalhar mais do que no dia anterior.

O que é que a Bíblia diz sobre este Espírito?

Utilize o seu tempo para ler o Bíblia e saber mais sobre a preguiça.

Ser indolente é definido como um dos sete pecados capitais.

É como se preguiça mas mais insidioso e espiritualmente irritante.

Conduz a coisas muito piores do que a inação. Conduz a decadência espiritual e dormência.

Como cristão, sabe que é o melhor escudo contra os espíritos impuros e mentirosos.

A preguiça é um pecado, e o Espírito da Preguiça pode ter como alvo os teus pecados e usá-lo como vantagem.

Fortaleça a sua fé e encontre direção e clareza na Bíblia.

Tudo o que precisas para vencer a luta contra este espírito está no Livro Sagrado.

No entanto, cabe-lhe a si dar os passos necessários para o triunfo.

Saiba mais sobre o Espírito de Preguiça e porque é considerado um pecado.

Compreenda isto - e está a meio caminho de o vencer.

Em conclusão

O Espírito de Preguiça torna-o indolente, preguiçosoe passivo.

Um estudo bíblico pode mostrar-lhe com que tipo de espírito está a lidar.

É necessário um enorme trabalho e esforço para vencer o Espírito da Preguiça.

Mesmo as tarefas mais simples parecem impossíveis quando se é preguiçoso.

No entanto, há sempre uma forma de vencer e banir a presença demoníaca.

Por isso, aspira a ser como Cristo e aprender com Os seus ensinamentos.